ADUFPEL - Associação dos Docentes da Universidade Federal de Pelotas

Logo e Menu de Navegação

Andes Sindicato Nacional
A- A+

Not��cia

Mais de 400 entidades e sete partidos políticos protocolam pedido de impeachment contra o governo Bolsonaro

Na manhã desta quinta-feira (21), foi apresentado, na Câmara dos Deputados, um pedido coletivo de impeachment do governo Bolsonaro. O documento foi assinado por mais de 400 entidades civis, movimentos sociais, personalidades do mundo jurídico e sete partidos políticos (PT, PCdoB, Psol, PCB, PCO, PSTU e UP ). O ANDES-Sindicato Nacional assina o pedido, seguindo as deliberações dos últimos congressos e CONAD, e se dedica a tentar vencer as práticas conscientemente genocidas que estão em curso neste momento pelo atual governo.

O documento aponta para os diversos crimes de responsabilidade cometidos pelo presidente Jair Bolsonaro em meio à pandemia do novo coronavírus. Além disso, traz os discursos do presidente contra o Supremo Tribunal Federal (STF), contra a segurança do país, entre tantos outros. A prerrogativa de iniciar o procedimento para o impeachment vem de Rodrigo Maia, presidente da Câmara dos Deputados. Porém, nas últimas semanas, Maia se manteve contido quanto aos pedidos de impedimento e disse que ‘‘as solicitações devem ser tratadas com muito cuidado’’.

Segundo Antonio Gonçalves, presidente do ANDES-SN, é preciso derrotar o conjunto deste governo genocida, que ataca a educação pública e a classe trabalhadora com uma pauta econômica neoliberal e anticiência.  ‘‘O ANDES-SN, em consonância com seus quase 40 anos de luta como Sindicato classista e combativo, assina o pedido de impeachment de Jair Bolsonaro. Não temos nenhuma ilusão com esse Congresso Nacional, mas entendemos que esta ação política é uma ferramenta importante para mostrarmos a nossa disposição de luta nessa conjuntura. Esperamos contribuir para a construção da unidade necessária para derrotar este governo Bolsonaro/Mourão’’, pontua Antonio.

Manifestações

Também na manhã do mesmo dia, manifestantes realizaram um ato em frente ao Congresso Nacional. Na ocasião, os participantes usaram máscaras, mantiveram distanciamento necessário e estenderam faixas pedindo o impedimento do governo Bolsonaro.


Fonte: ANDES-SN

Com edição e inclusão de informações de Assessoria ADUFPel



Veja Também

  • relacionada

    MEC autoriza que atividades remotas sejam computadas como carga horária durante a pandemia

  • relacionada

    Projeto Dandô realiza Mostra Virtual neste sábado (6)

  • relacionada

    Nota de esclarecimento à comunidade universitária da UFPel sobre o processo sucessório na ...

  • relacionada

    Live debate educação e luta durante pandemia de Covid-19

  • relacionada

    MPF investiga baixo repasse do governo federal no combate ao coronavírus

  • relacionada

    Reitor da UFFS defende intervenção militar no Supremo Tribunal Federal

Newsletter

Deixe seu e-mail e receba novidades.