ADUFPEL - Associação dos Docentes da Universidade Federal de Pelotas

Logo e Menu de Navegação

Andes Sindicato Nacional
A- A+

Notí­cia

PL em defesa da liberdade de ensino é protocolado na Câmara Federal

A bancada feminista do PSOL na Câmara Federal protocolou, na quarta-feira (6), o Projeto de Lei (PL) nº 502/2019. O PL institui o programa “Escola Sem Mordaça” em todo o território nacional e foi apresentado pela deputada do PSOL/RJ, Talíria Petrone. 

As deputadas que compõem a bancada destacam que a Constituição Federal já garante liberdade de expressão e de opinião a professores, estudantes e funcionários. No entanto, constantes ataques contra profissionais da educação têm buscado reduzir essas garantias.

O PL 502/19 propõe a criação do programa “Escola Sem Mordaça” no âmbito dos ensinos público e privado. Ele engloba princípios como a livre manifestação do pensamento e a liberdade de aprender, ensinar e pesquisar. Além disso, busca garantir a liberdade de publicação e divulgação da cultura, do conhecimento, do pensamento, das artes e do saber. Segundo o PL, isso deve se dar sem qualquer tipo de censura ou repressão. O texto, ainda, sustenta o pluralismo de ideias e de concepções pedagógicas e defende a laicidade e o respeito pela liberdade religiosa, de crença e de não-crença.

A proposta visa garantir a livre expressão de pensamentos e de ideias, defendendo a vedação, em sala de aula ou fora dela, de quaisquer tipos de censura a estudantes e docentes. O texto reafirma que devem ser respeitados os tratados internacionais de direitos humanos dos quais o Brasil é signatário.



Avaliação
A coordenadora do Grupo de Políticas Educacionais do ANDES-SN, Elizabeth Barbosa ressalta a importância do projeto e a necessidade de mobilização para pressionar por sua aprovação.

“Que o projeto ganhe força. Esse PL tem tudo a ver com o que entendemos enquanto projeto de um país democrático, de direitos e de liberdade de expressão. Um país onde a educação é para todos, para que o indivíduo possa ter melhores condições de vida, com menos desigualdade”, afirma a 2ª vice-presidente da Regional Rio de Janeiro do Sindicato Nacional.

Confira a íntegra do Projeto.


Fonte: ANDES-SN

*com edição de ADUFPel-SSind

Veja Também

  • relacionada

    MP que adia prazo do Funpresp é aprovada na Câmara

  • relacionada

    Mais de 50 entidades vão a lançamento do Fórum por Direitos e Liberdades

  • relacionada

    Proposta de Previdência destrói Seguridade Social

  • relacionada

    Ato reúne 10 mil em São Paulo na Assembleia da Classe Trabalhadora

  • relacionada

    ADUFPel aborda pagamento dos adicionais ocupacionais em reunião com Reitoria

  • relacionada

    ANDES-SN completa 38 anos de lutas e conquistas

Newsletter

Deixe seu e-mail e receba novidades.